Fonte: Marketeer de 23.09.2015

A espera acabou. Lisboa foi a cidade escolhida para receber o Web Summit 2016, a conferência de tecnologia, empreendedorismo e inovação mais importante da Europa, depois de uma disputa cerrada com Amesterdão.

Será a primeira vez que o evento deixa a cidade que o viu nascer, Dublin, mas o número de participantes esperados mantém-se alto. Paddy Cosgrave, presidente do evento, conta, no blog oficial, que 30 mil pessoas deverão visitar o Web Summit 2016, que será dividido entre o Meo Arena e a Feira Internacional de Lisboa (FIL). Há cinco anos, na primeira edição, apenas 400 pessoas marcaram presença.

Sem nunca abandonar as raízes irlandeses, Paddy Cosgrave acredita, ainda assim, que para crescer é necessário apostar na internacionalização. A capital portuguesa parece ser a escolha certa: «Lisboa é uma grande cidade com uma comunidade crescente de startups. Adicionalmente, tem óptimas infraestruturas de transportes e hotéis e a capacidade de receber mais de 80 mil participantes.»